Decoração

Papel de parede ou tecido? Qual a melhor opção para a sua parede?

Por 20 de março de 2015 Sem comentários

Uma ótima ideia para renovar a aparência da sua casa sem fazer grandes estardalhaços e que faz uma mega diferença em qualquer ambiente é, sem dúvida nenhuma, utilizar tecidos e papel de parede! Com diferentes texturas e estampas disponíveis, tanto os tecidos quanto os papéis de parede podem dar mais cor e vida a um quarto ou a uma sala, por exemplo, deixando o seu lar ainda mais aconchegante e estiloso. Mas qual a diferença entre eles? Algum é melhor do que o outro? Qual devemos escolher? Esse post serve para sanar essas e mais algumas outras dúvidas sobre o assunto.

1-quarto-moderno-papel-de-parede-escuro

foto: John Dwyer Architect

Papel de Parede

Considerado muito chique na década de 60, quando começou a ser produzido no Brasil, o papel de parede tem reconquistado seu espaço nas casas. São relativamente fáceis de aplicar e possuem inúmeras opções de estampas e valores. Para quem quer mudança de ares sem dor de cabeça, eles se apresentam como uma ótima opção. A durabilidade do papel é de 3 a 10 anos, dependendo do material escolhido e se for bem aplicado.

O papel de parede pode ser de três tipos: o simples, que leva apenas celulose em sua composição, o vinílico e o de tecido e celulose juntos. Todos eles são vendidos em rolos com larguras de 50 centímetros a 1 metro por 10 metros de comprimento.

2-lavabo-moderno-papel-de-parede

foto: Slic Interior

Os papéis vinílicos são bem práticos, pois aceitam limpeza com pano úmido. Contudo, os outros só aceitam aspirador, espanador ou pano SECO, regra válida também para os tecidos.

Especialista em aplicar esse material ensinam que o papel de parede tende a retratar imperfeições do reboco, então, quanto mais lisa for a parede, melhor. Paredes com massa corrida ou massa acrílica são adequadas para a aplicação. No entanto, as revestidas com espelhos ou com pintura epóxi não aceitam o papel, pois podem descolar, soltar e criar bolhas.

O momento da colagem também exige certo cuidado. O ideal é utilizar a solução da cola de acordo com as instruções de cada modelo. Passe uma demão de cola no papel e deixe descansar por alguns minutinhos. Nesse meio tempo, você pode passar uma demão de cola na parede. As emendas entre uma folha de papel e a outra são apenas encostadas, porque o papel já vem com emendas prontas, diferente do tecido. Vale dizer que os papeis de cores claras disfarçam mais as emendas. Sempre há um desperdício para fazer encaixe dos desenhos: é normal. Recorte os excessos de papel fazendo vincos firmes com a ajuda de uma espátula. Em seguida, passe o estilete para reforçar o vinco e puxe a sobra com as mãos. Utilize um pano limpo e úmido para retirar o excesso de cola que fica entre as folhas e faça o acabamento retirando as bolhas com uma espátula de plástico. Alguns minutos depois, ainda podem aparecer pequenas bolhas, mas não se preocupe, pois desaparecerão depois.

E como a gente incentiva todo mundo a tentar fazer, esse vídeo do Youtube que o pessoal do canal Casa.com.br mostra passo a passo a aplicação! Leve em consideração que esse vídeo é de 2010. Portanto, os preços mencionados já inflacionaram um pouquinho.

Quando falamos de preço, os rolos podem variar bastante, dependendo do material, largura, etc… No mercado, podemos encontrar rolos com preços que variam de R$60 até R$600. A aplicação do rolo de 50cm x 10m custa a partir de R$150, dependendo da sua cidade. Vale lembrar que é importante sempre guardar um pouco do papel escolhido, pois você vai precisar para manutenção de partes que descolam e para fazer eventuais acertos no futuro.

3-quarto-moderno-papel-de-parede-colorido

foto: Todd Davis Architecture

Tecidos

Os tecidos vêm em cortes mais largos – 1,40 ou 2,80 m – do que os papéis de parede, mas, por outro lado, dão muito mais trabalho na hora da aplicação. A durabilidade depende da instalação e do uso, já que a exposição ao sol, por exemplo, pode desbotá-los facilmente.

O papel de parede leva uma pequena vantagem no aspecto manutenção e limpeza. Como já falamos anteriormente, o tecido aceita apenas aspirador, espanador ou pano SECO. Também recomenda-se que sejam aplicados em parede bem lisa e sem infiltrações. Os locais úmidos, como banheiros, cozinhas e áreas externas devem ser evitados, pois o contato da cola com a água pode fazer com que ela amoleça e perca o efeito.

4-hall-papel-de-parede-clássico

foto: Kitchens Melbourne

Uma dica: escolha tecidos planos que não estiquem, isto é, que não tenham elastano na composição, como o linho, por exemplo. Tecidos grossos costumam ser os preferidos por darem textura à parede e pela resistência a machas provenientes da cola. Os tecidos 100% algodão também são ótimas opções. Saiba também que tecidos muito finos, como a seda, se ficarem expostos ao sol, podem esfarelar.

Vale dar preferência aos tecidos laváveis, pois podem ser limpos com pano úmido (o tecido do vídeo abaixo é um exemplo). Algumas empresas oferecem opções autoadesivas, mas quando este não é o caso, um método bem prático para a instalação é fazer em casa uma mistura de cola branca e água.

5-quarto-criança-papel-de-parede

foto: Niche Interiors

Para a aplicação do tecido é preciso, primeiro, garantir que a parede esteja limpa e lisa. Prenda o tecido antes de passar a cola (uma fita dupla-face vai ajudar nessa tarefa) e garanta que ele não vai ficar torto. Às vezes, as paredes são tortas e isso pode influenciar no resultado. Use um pincel largo para passar a cola, mas um rolinho de espuma também serve. Pressione o tecido com uma espátula, como se fosse colocar um adesivo e vá tirando as bolhas. Se a sua parede for maior que a largura do tecido, além de cuidar a emenda, não cole mais de uma faixa no mesmo dia. Espere secar a primeira, pois alguns tecidos tendem a encolher e criar emendas indesejadas.

O canal do Youtube TV Döhler postou um vídeo muito didático com o Marcelo Darghan ensinando a colar o tecido na parede. Veja:

No quesito preço, é possível encontrar opções bastante em conta, pois há uma infinidade de opções. Assim, é possível que você encontre tecidos bem mais baratos do que o papel de parede. No entanto, a colocação de 1m² de tecido pode custar a partir de R$250, dependendo da sua cidade e da complexidade da estampa.

6-home-office-papel-de-parede-moderninho

foto: Kelly Edwards

Compartilhe com um amigo