DIYMobiliário

Móveis pintados que renovam o ambiente e deixam tudo mais bonito

Por 14 de maio de 2014 Sem comentários

Há quem diga que as revistas e blogs de decoração mostraram e falaram tanto dos móveis pintados em tons fortes e alegres, que tudo isso ficou um pouco clichê. Mas essa gente que me desculpe, clichê ou não, eu ainda vejo muito valor e personalidade nesses móveis!

E aqui para nós, eles não são apenas divertidos, mas também muito práticos e econômicos! Além de você não precisar comprar um móvel novo, pois pintá-lo pode deixá-lo novinho em folha, um peça de mobiliário pintada consegue transformar completamente um ambiente sem graça!

A seguir, separamos algumas imagens que mostram como móveis pintados podem transformar um ambiente. Dá para pintar qualquer peça, desde uma simples mesinha de cabeceira, até um aparador ou um armário, mas eu confesso que as cômodas são as minhas preferidas!

comoda-azul-ombre

foto: Hide & Sleep

movel repaginado

foto: Mindi Freng Designs

cama turquesa

foto: London Bay Homes

mesinha-azul

foto: Think Make Build

comoda-azul

foto: Jill SÖRENSEN

E antes que alguém me pergunte qual a tinta usar, já adianto que, se for para a área externa, não há muito o que fazer. Nesse caso, o jeito é pintar com esmalte sintético à base de óleo usando um rolinho ou então usar a tinta em spray, que é a mesma coisa do esmalte sintético à base de óleo, só que em aerosol. Contudo, se o seu móvel for para a área interna, existem algumas opções.

comoda-amarela

foto: On My Agenda

1. Tinta Spray: é aconselhável somente para móveis menores, pois faz MUITA sujeira e possui cheiro forte. Se o móvel possuir partes em ferro ou plástico, a tinta em spray é uma boa pedida para fazer esse acabamento.

O segredo para aplicação da tinta em spray está na quantidade de tinta aplicada. A primeira camada não deverá cobrir a superfície perfeitamente. Evite aplicar a tinta muito tempo sobre o mesmo local, pois o acúmulo de tinta é o que faz a mesma escorrer. Pinte uma superfície de cada vez, na horizontal. Para proteger, use verniz em spray fosco ou brilhoso, dependendo do acabamento que você deseja. Pode ser um pouco difícil de manusear uma lata de tinta spray, por isso, nada de afobação.

comoda-rosa

foto: Pierre Jean Baptiste Interiors

2. Tinta acrílica: é a mesma tinta usada para pintar paredes. Além dos galões de 250ml, que você encontra nas lojas, há também os potinhos de tinta acrílica (PVA) em lojas de artesanato. A cartela de cores é imensa. A primeira demão funciona como uma base para receber as outras camadas. A primeira camada fica cheia de falhas, a segunda já cobre mais e a terceira deixa tudo 100%. É aconselhável diluir a tinta em um pouco de água e usar um rolinho de espuma macio e bem limpo. Deixe secar entre uma demão e outra e dê uma leve lixada para que o acabamento fique 100%. Para proteger, aplique verniz em spray fosco sobre todo o móvel.

Dica: para pintar móveis, escolha sempre 1 tom mais escuro do que você realmente deseja, pois a cor costuma ficar mais clara no móvel do que na amostra.

banco vermelho

foto: TreHus

3. Esmalte sintético: se você quiser um efeito parecido com o laqueado ou com o da tinta em spray, vá de esmalte sintético aplicado com um rolinho de espuma. Para ambientes internos, melhor escolher os que são à base de água, que possuem um cheiro mais suave e são infinitamente mais fáceis de limpar. Disponível em dois acabamentos: o fosco ou o alto brilho.

Para proteger, aplique verniz em spray fosco sobre todo o móvel.

aparador colorido

foto: Kelly Nelson Designs

Ah! Evite pintar a parte de fora, onde as gavetas correm, principalmente se elas não possuírem corrediça, já que a tinta pode atrapalhar esse deslize!

colorido sutil

foto: By Fryd

E caso tenha se animado, mas ainda está um pouco inseguro, o youtube tem um montão de vídeos para te auxiliar!

E aí? Eles ainda não são legais? Procure uma peça que precisa de um pouco de cuidado e carinho, escolha sua cor preferida e mãos à obra!

Compartilhe com um amigo