CuriosidadesDecoraçãoDIY

Nunca mais erre a cor de seu ambiente: faça um teste de cores

Por 30 de março de 2016 Sem comentários

Você já viu acontecer ou já aconteceu com você mesmo de ir em uma loja de tinta, escolher uma cor que achou linda e logo após pintar sua parede, você percebe que não era bem o que você queria? Pois é, eu, como arquiteta, já vi isso acontecer muitas e muitas vezes, principalmente se a cor escolhida não é da gama dos neutros. Por que será que isso acontece? O motivo é o mesmo de outra situação igualmente frustrante. Sabe quando você compra aquela blusa no shopping que, dentro da loja, parece ser verde, mas quando você põe o pé pra fora da loja, você descobre que ela é azul? A razão disso tudo: a iluminação. No entanto, não se preocupe, pois existe uma solução simples para esse problema.

Para explicarmos isso um pouco melhor, você teria que entender um pouco de índice de reprodução de cor (IRC). De maneira bem resumida, quanto mais próximo uma lâmpada tem do IRC da luz do sol (que é o 100), menos ela distorce as cores do ambiente. Normalmente, essa informação vem escrita na caixinha da lâmpada. Lâmpadas quentes possuem um IRC melhor do que as lâmpadas frias. Assim, lâmpadas com IRC na escala entre 80 a 100 são as que reproduzem mais fielmente as cores vistas no entorno, independente da sua Temperatura de Cor (K). As lâmpadas de vapor de sódio, por exemplo, que são as lâmpadas de poste, são péssimas na reprodução fiel das cores, seu índice é 25. Sabendo disso fica mais fácil entender porque a cor que você escolheu na loja não ficou igual na sua casa.

Outra coisa que pode influenciar no comportamento da cor na sua parede é a cor ou o material que você vai pintar por cima. Cores escuras e materiais como tijolinhos, por exemplo, podem influenciar minimamente na cor final do produto por melhor que seja a cobertura da tinta. Portanto, se a sua ideia é pintar por cima dessa cor sem passar uma mão de base antes, saiba que o resultado final da sua cor pode mudar.

A solução: teste de cor

Como estas situações que descrevemos é muito comum de acontecer, é muito importante realizar o teste de cor antes de você mudar radicalmente a cor de qualquer ambiente. Arquitetos e decoradores costumam fazer esse teste, principalmente se você sente que o seu cliente é um tanto quanto indeciso. Por isso, somente quando realizamos o teste de cor podemos ter essa segurança antes de pintar uma parede inteira.

Se você já possui outros materiais no seu ambiente, como painéis ou pedras, o teste de cor pode ajudar a encontrar o tom que fique mais harmônico considerando todo o entorno já existente.

Os profissionais costumam realizar o teste de cor com mais frequência do que as pessoas que encaram um DIY (do it yourself ou faça você mesmo). No entanto, fazer esse teste é muito simples e qualquer pessoa pode realizá-lo, como verão a seguir.

1-Unpacking-caixa

A Suvinil lançou o Kit Teste sua Cor, uma ferramenta muito legal para escolha e combinação de cores, que pode ser utilizado por qualquer um, seja profissional ou não, pois é muito fácil, cômodo e prático. Para aquelas pessoas que querem mudar a cor do ambiente, mas ainda estão em dúvida de qual cor comprar, basta entrar no site da Suvinil, escolher o KIT com 2 ou 4 cores, comprar online e receber em casa para testar e optar pela cor que melhor compor o seu ambiente.

2-Unpacking-caixa-aberta

Cada embalagem que vem no KIT tem 200ml, o que rende até 1m² por demão de tinta (dá pra fazer 2 demãos). O kit também acompanha um passo-a-passo de como realizar o teste, os tempos de secagem da tinta, ou seja, tudo tim-tim por tim-tim, caso você nunca tenha feito isso na vida.

3-Unpacking-caixa-aberta

4-Unpacking-detalhe

Vale lembrar que o acabamento que vem nas embalagens do kit é o fosco, mas na hora de escolher na loja, você pode escolher o fosco, o acetinado ou o semi-brilho. O acabamento fosco é ótimo para disfarçar defeitos e imperfeições da parede, enquanto o acetinado e o semi-brilho são ótimos no quesito lavabilidade.

Nosso teste foi feito em uma parede externa, ou seja, que pega sol e chuva. Para tal, fizemos retângulos com fita crepe para cada cor que iríamos testar.

1-teste-cor-suvinil

Depois da primeira camada, é importante você escrever o nome da tinta na fita correspondente, principalmente – e especialmente – se você estiver testando cores muito parecidas. Isso te ajuda a não se confundir na hora da segunda demão e na hora de saber qual tinta é qual depois de seca.

2-teste-cor-suvinil

3-teste-cor-suvinil

Fizemos um quadrado bem menor do que 1m² para que pudéssemos testar com quantas demãos de tinta conseguiríamos cobrir 100% da cor do muro, sem perigo de faltar tinta. O P318 – Malaquita e o R241 – Vermelho Amor precisaram de apenas 2 demãos, já o R173 – Manga e o R272 – Laranja Imperial precisaram de 3.

Por fim, retire a fita antes que a tinta seque completamente para não ter perigo de tirar um pedaço dela junto com a fita.

4-teste-cor-suvinil

Uma vez realizado o teste, você conseguirá ver, com a luz do ambiente, como a cor vai ficar para ter certeza de qual escolher. Aí sim, com a cor definida, você poderá ir às lojas já sabendo exatamente qual tinta comprar e que o resultado final será satisfatório, sem surpresas desagradáveis.

Se você sabe que quer mudar, mas ainda está na dúvida de quais cores escolher, você encontrará várias opções de kits prontos no site da Suvinil.

1-kit-elefante-e-rosa-neon

O Rosa-neon e o Elefante são cores que vão super bem juntas e deixam o ambiente moderno e despojado. Perfeito para quartos moderninhos de bebês ou de adolescentes.

2-kit-bordo-e-oceano-atlantico

O Bordô vai muito bem com o Oceano Atlântico, deixa o ambiente mais sóbrio sem ser cansativo.

3-kit-borracha-feira-de-antiguidades-calça-jeans-e-veu-de-noiva

A combinação de cinza com azul é super moderna e está super em alta, na verdade, o cinza vai com tudo né? Esse kit das cores Borracha, Feira de Antiguidades, Calça Jeans e Véu de Noiva, dos kits prontos, é de longe o nosso favorito!

Ainda no site, caso você saiba as cores que quer, dá para testar em um ambiente a sua combinação antes de comprar!

Dentre as cores da Suvinil que gostamos e costumamos usar como cor base dos ambientes, estão o Algodão Egípcio (F100) para ambientes com fundo quente, que combina muito com tons terrosos, beges e marrons; o Gelo, que é imbatível para a base onde os tons frios dominam, como, por exemplo, o cinza e azul; e o Branco Neve, que é a cor da maioria dos tetos que vemos por aí e que também gostamos muito de usar, principalmente quando as paredes são das cores citadas anteriormente, já que essa diferença de tonalidade entre parede e teto deixa o ambiente muito mais sofisticado.

Saindo da gama das cores clarinhas e suaves, gostamos muito do Creme Escocês (C374), que é um tom de cinza quente, muito bonito e que fica ótimo em ambientes como quartos e salas. Indo mais para os tons de cinza mais frios, o Elefante (D161) é disparado nosso favorito (temos ele em casa inclusive), sem contar que o cinza é curinga para qualquer outra cor que você possa ter, pois combina com praticamente tudo. Já nos tons bem vibrantes, adoramos o Malaquita (P318), que é um verde bem puxado pro turquesa, que levanta e alegra qualquer ambiente, assim como o Manga (R137), um amarelo vibrante, um pouquinho alaranjado.

Você pode encomendar o kit da Suvinil em http://bit.ly/1p39pHu

aviso_artigo_patrocinado_thumb

Compartilhe com um amigo