Dicas de decoração com Feng Shui

25 de julho de 2013 Curiosidades, Decoração

Não é todo mundo que sabe, mas o Feng Shui é o estudo e a análise da interação das pessoas, prédios e o ambiente. Acredita-se que possa ser usado para melhorar a qualidade de vida. De acordo com alguns experts no assunto, a atmosfera, ou o chi, das construções e seu entorno têm uma influência muito forte sobre nossas vidas. Segundo as ideias pregadas pelo Feng Shui, quando as pessoas buscam este equilíbrio com as forças benéficas da natureza, podem gozar de saúde, boa sorte e prosperidade, porém, quando as ignoram e se alinham com influências nocivas, podem experimentar dificuldades e obstáculos que podem se expressar como doenças, má sorte ou indisposição.

Os mestres taoístas que desenvolveram esta arte, não a utilizavam isoladamente: consideravam-na mais um instrumento de equilíbrio a ser utilizado em conjunto com outras práticas, como a acupuntura, a meditação e o Tai Chi Chuan.

No entanto, vale uma ressalva: o Feng Shui não é, de forma alguma, endossado pela ciência. Nosso papel, neste artigo, não é discutir se existe razão ou não no Feng Shui, mas apresentar, a título de curiosidade, conceitos de decoração e arquitetura para aqueles que já têm o Feng Shui como parte de suas vidas.

Feng-shui-1 Feng-shui-2

Os chineses comparam os benefícios que o tratamento do Feng Shui pode proporcionar a um espaço com os resultados que a terapia da acupuntura oferece a um paciente. Segundo eles, da mesma forma que o acupunturista diagnostica os bloqueios na circulação de energia de um paciente e aplica agulhas em uma parte do corpo para curar uma outra parte ou órgão, o consultor de Feng Shui detecta as supostas influências visíveis e invisíveis em um ambiente e recomenda curas em uma área particular do imóvel, que são capazes de alterar as características da circulação de energia no todo. Assim, acredita-se que, trazendo o Feng Shui para lares e ambientes de trabalho, seremos capazes de criar um ambiente de apoio que pode nos ajudar a prosperarmos.

Aqui no ocidente, o Feng Shui ganha mais e mais adeptos a cada dia e arquitetos e decoradores estão se especializando para atender a este nicho do mercado. Todavia, você não precisa ser um profundo estudioso do assunto para seguir algumas das técnicas e ensinamentos mais simples do Feng Shui.

Sem bagunça

Feng-shui-3 Feng-shui-4

Chi é o fluxo de energia do qual trata o Feng Shui. A ideia é que você mantenha esse fluxo de energia positiva no espaço que o rodeia e, como consequência, sua vida se torna mais pacífica. A melhor maneira de conseguir isso é mantendo a sua casa ou espaço de trabalho livres de bagunça.

Entenda o Ba-Gua da sua casa

Feng-shui-5 Feng-shui-6

O Ba-Gua é o mapa que indica o fluxo do Chi em cada área da sua casa e como você pode alterá-lo, quando necessário. É claro que um profissional do ramo vai conseguir aplicar e ler o Ba-Gua da sua casa muito melhor do que você. Mas também não é impossível aprender sozinho. Você só vai precisar de um pouquinho de dedicação. Uma vez entendido o Ba-Gua, ele vai te ajudar imensamente nas alterações que você terá de fazer no seu ambiente.

Existe um canal no Youtube, O Feng Shui, onde você econtrará umas aulinhas de como construir e utilizar o Ba-Gua. Além de que existem outros milhões de sites na internet que também ensinam, basta só boa vontade.

Móveis virados para a porta

Feng-shui-7 Feng-shui-8

Certifique-se de que os seus móveis estejam de frente para a porta, pois assim você garante que haverá sempre um fluxo positivo de Chi. Isso acaba oferecendo melhor ventilação, ar fresco e uma vista de quem está saindo ou entrando. Porém, precisa fazer sentido os móveis estarem virados para a porta. Se sua televisão estiver de frente para a porta, por exemplo, o seu sofá não vai poder estar de frente para ela também, não é mesmo?

Use espelhos no fim de corredores e deixe a sua entrada livre

Feng-shui-9 Feng-shui-4

Locais sem saída não são bons para um fluxo positivo do chi. Por isso, é legal colocar um espelho no final de cada corredor para criar a ilusão de que ele é interminável. Isso acaba melhorando um pouco a iluminação também. A entrada deve ser espaçosa, ampla e limpa para que haja livre circulação e organização do chi.

Crie um ambiente calmo e tranquilo

Feng-shui-11 Feng-shui-12

Garantindo a atmosfera calma e serena é um ótimo modo de criar chi positivo. Ao invés de fazer barulho, use sininhos que produzem um som agradável quando o vento bate.

Traga plantas para dentro de casa

Feng-shui-13 Feng-shui-14

Decorar sua casa com bastante verde ajuda a criar um fluxo de energia positivo. Além de trazer vida e alegria ao interior da sua residência ou local de trabalho.

O Feng Shui, no final das contas, não é nenhum bicho de sete cabeças. Um estilo de vida simples, calmo e clean é tudo, ou quase tudo. Se você já vive assim, é bem provável que o Feng Shui já esteja atuando sobre você e sobre sua casa. Para quem ainda não vive assim, pode ser uma tentativa válida de mudança.

E para os mais científicos (como aquela que vos escreve), nem tudo está perdido. No fundo, se tirarmos o componente místico do Feng Shui, todas as dicas de decoração são carregadas de bom-senso.

Inscreva-se e receba atualizações diárias

Não perca nenhuma atualização! INSCREVA-SE