DecoraçãoQuarto

Como fazer um quarto que “cresce” junto com seu filho

Por 30 de junho de 2017 Sem comentários

As crianças mudam suas preferências e gostos a cada 5 minutos ou a cada nova propaganda na TV, não é verdade? E isso é normal, faz parte de toda a diversão de crescer. Contudo, quando estamos falando em decorar seus quartos, essa mudança de preferências pode ser pra lá de cansativo, além de custoso. Então, se você gostaria de fazer um quarto que cresça junto com seu pimpolho, sem privá-lo de expressar suas preferências, o artigo de hoje é para você.

1-quarto-infantil-branco-estante-brinquedos

foto:DWD Design

Acho que já falamos antes isso aqui no blog, mas a regra básica é ter um quarto com plano de fundo neutro, que ganha vida com os brinquedos, quadrinhos e objetos de decoração. Camas em formatos de carro, por exemplo, são muito legais, por uns dois anos… Depois o legal vai ser o avião. Uma cama de Barbie princesa parece o sonho de toda menina, até ela descobrir a Monster High… E assim segue por anos a fio. Então, tentamos reunir algumas dicas que ajudam você na difícil tarefa de fazer um quarto bacana, com personalidade e atemporal, tudo junto e misturado!

2-quarto-infantil-quadros-e-almofadas

foto:Kim Pearson

1. Invista em móveis clássicos e atemporais

Quando se tem um pequenino, é muito fácil se encantar com todas as peças para o quanto do bebê. Quanto mais fofa a peça, a chance dela ter sua vida útil cortada pela metade é maior. Conforme mencionado anteriormente, pense nas camas em formatos de carrinho ou aquela cama de princesa, por exemplo. Ela certamente vai virar uma peça enjoativa e ultrapassada em pouco tempo. Portanto, procure comprar móveis clássicos, que você sabe que estarão lá em um futuro distante.

Armários e bancadas ao invés de cômodas. Evite as mini-camas, pois sua criança vai crescer e logo logo terá que trocar pela cama convencional, sem contar toda roupa de cama, etc. Se você tiver espaço, bicamas ou camas de casal podem ser muito úteis para acomodar visitas ou os amiguinhos que vêm dormir.

3-quarto-jovem-contemporâneo

foto:Watershed Design

4-quarto-jovem-contemporâneo-eclético

foto:Houzz

Escolha móveis com dupla função

Os móveis com dupla função são ótimos, principalmente quando você pensa em um espaço que vai deixar de ser um quarto de bebê, vai evoluir para um quarto de criança e, em seguida, um quarto de adolescente.

Uma mesa ou uma bancada podem ser um trocador e mais tarde um cantinho de estudo, por exemplo. Também é uma boa ideia quando o berço pode virar uma caminha e quando chegar a hora de comprar uma cama, como já dissemos, camas de tamanho normal são ideais. Bicamas serão super úteis ou camas com lugar para guardar coisas. Prateleiras e nichos também são ótimas alternativas, pois podem exibir brinquedos, deixar potes de algodão ao alcance ou simplesmente podem acomodar livros, vai depender da necessidade do momento.

5-quarto-jovem-contemporâneo

foto:Denai Kulcsar Interiors

6-quarto-jovem-contemporâneo

foto:Susanna Cots

Produtos neutros

Em todo projeto de design de interiores, tem sempre alguma coisa que você faz para durar, que você não vai trocar na próxima estação. No nosso caso, pode ser o piso, os móveis ou a tinta das paredes. Assim, ao invés de pintar o quarto todo de azul bebê ou rosa bebê, escolha cores quentes e aconchegantes. Para os móveis, acabamentos simples e clássicos e para o chão, um revestimento prático e fácil de limpar.

Quando a neutralidade está em jogo, o preço é um bom freio. Se o item que você está comprando é caro demais, certifique-se de que ele não é datado e não durará por muito tempo. A decoração que você vai trocar, como cortinas, roupas de cama, quadrinhos, não precisa custar tanto assim.

7-quarto-infantil-beliche

foto:Scrafano Architects

8-quarto-infantil-beliche-branco-azul

foto:Wettling Architects

Dê personalidade com os acessórios

Não é porque enfatizamos a neutralidade que o quarto do seu filho vai ser graça e sem personalidade, afinal, esse é o cantinhos deles e é ótimo que eles expressem suas personalidades, mesmo que por um pequeno espaço de tempo! Sendo assim, os acessórios apresentam-se como boas soluções. Brinquedos, almofadas, roupas de cama, quadros e pôsteres são ótimos exemplos de acessórios que dão um charme ao quarto do seu pequeno e podem ser trocados em um piscar de olhos.

9-quarto-jovem-contemporâneo-cores

foto:Alvarez-Diaz & Villalon

10-quarto-jovem-branco-verde

foto:CCS Arquitecture

Enfim, quando tratamos de criança, nada é permanente. No entanto, essas dicas vão ajudar você a deixar o quarto do seu filho pronto para qualquer idade, o que te poupará tempo, dinheiro, alguma frustração e, o melhor de tudo, respeitando a personalidade única e mutante do pequenino!

Quer ver mais quartinhos bacanas? Clique aqui e aqui

Compartilhe com um amigo