Como decorar a sua Quitinete

19 de março de 2013 Ambientes Pequenos, Apartamento, Decoração

Há quem encontre dificuldade com o layout – disposição dos móveis – de uma quitinete. Seja porque ela é muito pequena, fina, comprida, larga… E, realmente, pode ser um pouco complicado decorar e arrumar confortavelmente um espaço tão pequeno. No entanto, existem alguns conceitos e dicas que podem ser de grande ajuda em muitos casos. Dicas que definem e orientam o layout de qualquer quitinete ou studio por aí.

Nosso post de hoje diz respeito aos desafios que uma cliente encontrou com o seu studio. Os problemas dela, provavelmente, estão presentes na vida de muitas outras pessoas. Então, vamos lá!

Abaixo, segue uma planta exemplo, que construímos a partir de informações coletadas no local e através dos projetos arquitetônicos. Com essa planta conseguiremos aprender muita coisa.

planta-sem-cotas planta-nomes

A dona do apartamento não está gostando do layout do jeito que está. Como podemos observar no desenho, a cozinha está em uma área mais ou menos separada do resto da casa. Os armários e pia da cozinha estão na parede oposta à geladeira, que está embutida. Ela gostaria de separar a cama (quarto) dela do resto da casa, sem ter que perder muito espaço útil. Na verdade, essa é uma demanda muito comum para moradores de quitinetes.

planta-cotada planta-espaço

parede-demolir

Com as medidas fica mais fácil raciocinar e enxergar onde as coisas podem caber. Na verdade, essa metragem mostra que a quitinete não é tão pequena assim. E dá para ver, também, que a cama dela está mesmo em um local muito exposto, bem de frente para a porta de entrada.

1. Evite colocar a cama na frente da porta de entrada.

Tente colocá-la, se possível, em algum lugar mais reservado, onde seja fácil a divisão com algum móvel, estante ou até uma cortina com o trilho no teto. Encostá-la na parede pode ser uma boa saída para a falta de espaço, pode não ser a opção ideal, mas ajuda bastante quando não há por onde circular.

2. Não exagere na quantidade de mobília.

Por mais que os armários sejam necessários, ainda mais para as mulheres, quando vivemos em espaços diminutos, não dá para sair colocando armário por todo lado. Tudo precisa ser bem pensado e bem dividido para ocupar pouco espaço. Aliás, móveis inteligentes e com múltiplas funções sempre foram ótimas opções para espaços pequenos. Custam um pouco mais caro, mas fazem toda a diferença.

Por isso, o closet na planta acima parece-nos um pouco desnecessário, pois já existe um armário em alvenaria enorme logo na entrada. Assim, se tirarmos aquele pedacinho de parede, marcado em vermelho no desenho, conseguimos criar, naquele espaço, um quartinho separado do resto da casa, como era de vontade da dona. E voilà!

Quarto

3. Cuidado com o tamanho dos seus móveis.

Seu sonho é uma cama king-size? Não more em uma casa pequena. Ou até more, mas não reclame da falta de espaço. Nem sempre o que é pequeno é ruim. Em espaços pequenos temos que considerar a vertente “será que cabe?”.
Além da cama, o sofá também pode ser um transtorno. Existe um pensamento comum que diz que sofá confortável é sofá grande. Convido-os, então, para um passeio nas loja de móveis da cidade de vocês, para que constatem, por experiência própria, que esse pensamento é a maior besteira inventada por quem está com dor de cotovelo por ter comprado um sofá grande demais.

sala 1 sala 2

sala 3

4. Use armários e prateleiras suspensos.

Outra opção muito boa para lugares pequenos são as prateleiras e os armários suspensos. Afinal de contas, há muito espaço para ser ocupado que não seja o chão, correto? Porém, nem tudo é festa. Temos que tomar cuidado para não colocarmos em locais que podemos bater a cabeça, muito menos em locais inacessíveis, que fica difícil de alcançar até de escada.

5. Use móveis translúcidos.

Outra dica bacana é usar móveis que sejam translúcidos, como mesas com tampos de vidro, pois eles dão uma sensação de fluidez e amplitude ao ambiente, e isso pode ser muito positivo para espaços pequenos.

6. Considere ter uma bancada para refeição ao invés de uma mesa de jantar.

Em studios ou quitinete quase nunca temos espaço para uma mesa de jantar, ou quando temos, a cozinha é tão pequena que fica difícil até cozinhar. No nosso caso, uma ilha na cozinha faz o papel de mesa de jantar, além de servir de apoio extra para a pia da cozinha. Ou seja, uma bancada para refeições ocupa menos espaço que uma mesa de jantar.

Cozinha 1

7. Utilize cores claras nas paredes, deixe a cor para os móveis e objetos.

Em ambientes pequenos, o uso de cores nas paredes pode ficar legal, mas pode ser bem traiçoeiro também. Por isso o uso de cores claras pode ajudar na sensação de amplitude do ambiente. Use e abuse, então, das cores nos objetos e móveis, ao invés de usá-las nas paredes.

Cozinha 2

Apoiamos qualquer tentativa de melhoria de decoração e ambiente feita por você mesmo, se essa for a sua vontade. Compre um tapete, pinte sua parede, instale prateleiras: damos a maior força. Porém, é muito, muito importante ressaltar que, quando você entra no âmbito de demolir ou construir paredes, ou qualquer coisa que mexa na estrutura civil de seu imóvel, consulte um profissional da área. As consequências podem ser piores do que você espera e, de alguma maneira, você pode comprometer a estrutura do seu imóvel.

Projeto: Limão n’água

Compartilhe

Inscreva-se e não perca atualizações

  • http://facebook nubia

    Adorei as ideias!

  • http://Website Adriana

    Nossa! Que diferença que ficou, achei excelente idéia. É extramamente difícil deixar um espaço pequeno tão ajeitadinho e realmente lindo! Parabéns!

Não perca nenhuma atualização! INSCREVA-SE