CasaQuarto

Quarto de menina

Por 21 de maio de 2013 Sem comentários

O post de hoje é para ninguém falar que a gente negligencia a decoração mais clássica e óbvia. Não entenda mal, óbvia não está sendo usada em um sentido pejorativo, mas sim lúdico. Mais ou menos como quando você pede para uma criança desenhar um menino e uma menina, e aí ela desenha o menino de short e a menina de saia. Falar em quarto de menina, salvo algumas exceções, é falar em rosa. Ah, como elas gostam e querem ser cor-de-rosa! E todo mundo tem direito, né?

E foi assim que surgiu o nosso projeto, pensando nessa menina cor-de-rosa e muito vaidosa.

Quarto-Rosa-1

A melhor dica, nesses casos, é não exagerar no uso do rosa. Muita gente parece acreditar que decorar o quarto da menina é pintar todas as paredes com essa cor, mas isso é receita certa para transformar o ambiente em algo enjoativo e ultrapassado. No entanto, sabemos também que o que é exagero para uns não é nada para outros.

Quarto-Rosa-3

Utilizar quadros ou adesivos nas paredes pode quebrar a monotonia de uma cor sólida. Assim, cortinas, tapetes e roupas de cama também serão os responsáveis por dar o toque final à decoração. Se você tiver paredes coloridas, vá de tons mais calmos e neutros nesses objetos, mas se suas paredes forem neutras não tenha medo de abusar das cores e das estampas.

Quarto-rosa-2 Quarto-rosa-4

É muito importante entender que o espaço deverá aceitar transformações, pois logo a criança irá crescer. Uma hora ela vai amar uma coisa e daqui a pouco detestar. Quem já foi adolescente sabe bem disso. Assim, investir em alguns elementos neutros e atemporais, que poderão ser mantidos independente de cor do quarto, pode ser uma solução inteligente.

Lembre-se, ainda, que o toque feminino não precisa se restringir ao rosa. A feminilidade do ambiente pode estar nos objetos, nas estampas e no mobiliário, independente da cor que ele tenha.

Projeto por Limão n’água

Compartilhe com um amigo