ApartamentoCasa

Como trabalhar com o arquiteto que você contratou

Por 18 de outubro de 2013 Sem comentários

Você começou a pensar em uma casa nova e em fazer um projeto do zero, ou você gostaria de fazer algumas reformas em sua casa atual? Uma das primeiras coisas que você precisa decidir é o que você quer fazer e como pode contratar um arquiteto que vai ajudar os seus sonhos se tornarem realidade.

Você pode até pensar que a contratação de um arquiteto não é necessária, até descobrir que existem vários fatores a serem considerados: legislação e códigos de construção da sua cidade, taxas e mais taxas, burocracia em cima de burocracia, planejamento… Então, você para e repensa.

Para garantir que seus sonhos se tornem reais e dentro do seu orçamento, seguem algumas dicas essenciais para ajudá-lo a trabalha com um arquiteto. Você pode usá-las como um guia para garantir que sabe o que esperar quando se trabalha com um profissional de tipo.



Tenha suas próprias ideias antes da reunião com um arquiteto

casa-2




foto: Baran Studio

Sabe quando você vai ao cabeleireiro e expõe ao profissional suas ideias, diz o que gosta e o que você não gosta e leva foto de cortes de cabelo? Com o arquiteto é parecido! Afinal de contas, eles podem ajudá-los a materializar suas ideias, mas, para isso, eles precisam de orientação sobre o que você imagina, gosta e deseja.

Nesta era moderna da internet, smartphones e tablets, existe uma infinidade de aplicativos de design disponíveis. Então, não há desculpa para não levar algum material para deixar mais claro os seus anseios e gostos. Imagens, plantas, materiais e até mesmo inspirações da natureza, moda, edifícios e estilo de vida ajudarão o seu arquiteto entender melhor suas demandas.

Encontre um arquiteto que case com o seu gosto

casa-1

foto: SPF: Architects

O processo de conversar/trabalhar com o arquiteto, que vai idealizar a sua casa, torna-se menos doloroso e mais produtivo, quando você já conhece o trabalho dele.

Peça referência, olhe portfólios. Isso ajuda muito na escolha do profissional ideal.

Considere o seu orçamento

casa-3

foto: Blaze Makoid




Construir e projetar uma casa não é uma ciência muito exata. Seria ótimo se o arquiteto e o construtor pudessem dar o valor exatinho da sua obra, mas não é assim que funciona. Os preços dos materiais variam no decorrer da obra, assim como sua cabeça. Dificilmente você não mudará de ideia durante sua obra!

Mas, mesmo assim, tenha em mente um orçamento, mesmo que seja apenas uma estimativa. Tenha certeza de falar esses valores para o seu arquiteto antes dele começar o projeto, pois aquela piscina de ouro que você tanto gostou, pode ser que fique para uma outra vez.

Este é um número muito importante, que vai ajudar seu arquiteto na concepção do projeto. Como orçamento, ele vai decidir o que entra no escopo do desenho e o que pode ficar pra depois, os materiais e a escala em si das coisas.

Confie no desenho do seu arquiteto

casa-4

foto: Cablik Enterprises

Confiar não quer dizer não questionar, ok? Tenha em mente que o seu arquiteto, diferente do cliente que, na maioria das vezes, está preocupado apenas com a estética, está coordenando outra uma série de outros fatores e disciplinas. Desde integridade estrutural até o conforto ambiental, o que deve e o que não deve ser prioridade. Tudo isso junto e misturado vira sua casa.

Converse com o seu arquiteto. Aos poucos vai ganhar confiança. Eles vão gostar de ouvir suas ideias e vão filtrá-las, pois sabem o que proverá conforto e segurança para sua família!

Pergunte o que você não entendeu

casa-5

foto: E. Cobb Architects

A arquitetura pode ser muito simples ou muito complicada, dependendo muito de como ela é explicada. Por isso, não fique com vergonha. Não entendeu? Pergunte! Principalmente nos primeiros croquis do projeto. Perguntar não ofende e nem machuca. O interesse do arquiteto é que sua casa faça parte de você, de sua natureza. Deixar de perguntar pode implicar retrabalho e, consequente, mais custos no futuro.

Um projeto nunca é igual o outro. As necessidades são diferentes para cada um. A comunicação no início do projeto é fundamental para tornar o seu projeto único e pessoal.

casa-6

foto: The MZO Group

Trabalhar com um bom arquiteto é gratificante, você vai ver! Esse profissional pega suas ideias, preocupações e estilo de vida e transforma tudo numa coisa só: sua casa! Seguir essas dicas pode ajudar a tornar a interação com o seu arquiteto muito divertida e funcional.



Compartilhe com um amigo