ApartamentoCasaCuriosidades

Como fazer da sua casa um lugar mais zen

Por 4 de Fevereiro de 2013 Sem comentários

Quem mora em São Paulo sabe que encontrar um lugar tranquilo pra relaxar e não pensar em nada é um desafio e tanto. Tudo está sempre muito cheio, barulhento e o stress só aumenta. Uma das poucas opções não onerosas que restam a alguns paulistanos é o lar doce lar. Na verdade, isso não é só problema de São Paulo não… Podemos verificar esse tipo de problema em todos os grandes centros.

Talvez seja essa uma das razões porque os princípios zen aplicados no design de interiores têm se tornado cada vez mais populares.

A palavra zen em japonês refere-se à meditação, mas no conceito para design de interiores – minha opinião -, zen refere-se a uma combinação entre harmonia, relaxamento e equilíbrio. O que é zen ajuda você a deixar a sua casa com a atmosfera livre de estresse.

Como fazer isso? Seguem algumas dicas que podem ser úteis.

1 – Use cores que encontramos na natureza

Um ambiente zen necessita de elementos naturais, assim como suas cores. Use tons de branco, cinza, bege, todos em tonalidades muito suaves. Essas cores têm o poder de induzir a calma e o relaxamento.

No entanto, a sua sala não precisa ser monocromática. Você pode sempre optar por combinar a cor predominante em seu ambiente com alguns objetos, mobília ou texturas diferentes. Você pode criar essa diversidade misturando duas cores ou usando o degradê de sua cor predileta.

2 – Suavidade sob os pés

Apesar dos chamados pisos frios (cerâmicas, porcelanatos e afins) serem muito práticos na hora de limpar, eles são um pouco desconfortáveis quando o assunto é andar descalço ou sentar no chão. Pisos de madeira são uma ótima saída. Os pisos vinílicos também, além de modernos, são bastante confortáveis. Já os carpetes trazem uma sensação de conforto ao ambiente, porém são péssimos para limpar. Eles ajudam bastante em todos os casos, principalmente se você tem piso frio na sua casa. Os melhores são os de fibras naturais, os de lã ou os de puro algodão.

3 – Tecidos naturais e leves

Os tecidos vão na mesma linha das cores: naturais, leves e confortáveis. Suas opções podem ser linho, lã, fibras naturais, etc.

Um elemento que ajuda você, no seu ambiente zen, são as cortinas, que dão a sensação de aconchego, intimidade, enquanto permitem controlar a luz e fazer você esquecer da loucura que está lá fora.

4 – Utilize a luz mais natural possível

Para você conseguir um ambiente propício ao completo relaxamento, a iluminação é muito importante. Luzes brancas e fluorescentes não são nem um pouco confortáveis. Evite a luz direta. Dê preferência às lâmpadas que mais se assemelham à luz do sol. Isso quando já estiver escuro, já que, durante o dia, o sol está lá fora pra isso, não é?

Coloque fontes de luz em diferentes lugares, assim fica mais fácil pra você conseguir controlar a intensidade dessa iluminação. Utilize luminárias de chão, de teto, em cima da mesa, luz indireta e (por que não?) luz de velas.

5 – Mobília simples

Para sua decoração zen, é interessante que a mobília seja bem clean, com linhas horizontais e verticais, sem muita complicação e riqueza de detalhes.

Como o quarto costuma ser o lugar que escolhemos para relaxar, seguem algumas recomendações para esse ambiente:

  • Coloque sua cama perto de uma fonte de luz natural (janela, por exemplo) e evite colocá-la na frente da porta ou de alguma área de passagem. A altura da cama pode ser a que você achar mais confortável, porém camas altas (mais que 55cm) acentuam a sensação de conforto;
  • Use colchas e mantas sobre a cama e não exagere demais nas almofadas. Escolha tamanhos diferentes de travesseiros e almofadas, que assim você conseguirá se arrumar confortavelmente, tanto para dormir quanto para ler.

6 – Vá com calma nos objetos e ornamentos decorativos

A ordem é sempre a mesma, simplicidade. Não estamos dizendo que você deva sair escondendo todos os seus objetos decorativos, mas vá com calma. Com uma sala cheia de coisas para se olhar, quadros, vasos, fotos, bibelôs, sua mente tem grande dificuldade em se acalmar. É muito estímulo, tente diminuir essa quantidade de coisas que chamam a atenção.

7 – Plantas acalmam

Plantas têm um efeito calmante por causa de suas cores e pela liberação de oxigênio que elas promovem. Contudo, evite flores que exigem muito cuidado, ou que podem exalar cheiros muito fortes. Bonsais e samambaias são uma ótima escolha.

Bom descanso!

Compartilhe com um amigo