CasaSala

Como decorar uma sala grande

Por 14 de maio de 2013 Sem comentários

A gente costuma ouvir muitas pessoas reclamando da falta de espaço, não é? Mas a sobra dele também pode incomodar um pouco. Normalmente, uma sala grande que é linda na foto, ao vivo pode parecer um pouco fria, desconfortável e nada aconchegante. Uma boa saída para alcançar esse aconchego é se valer de dicas que podem fazer da sua sala um espaço mais proporcional, sem a necessidade de entulhar o ambiente com móveis e mais móveis.

O assunto de hoje sugiu por causa de uma leitora, que pediu uma ajudinha com a sala dela. É uma sala espaçosa, em formato de L, que possui uma janela grande em uma parede e apenas uma porta de acesso na parede oposta. Vamos ver alguma fotos que ela nos mandou:

sala-grande-antes-01

sala-grande-antes-02

Nós podemos desmembrar a sala em L em dois quadrados, ou dois retângulos, ou um quadrado e um retângulo, dependendo de seu formato. No caso da nossa leitora, e segundo a planta que ela nos enviou, são quase dois quadrados, um menor e outro maior. Um detalhe que vale ressaltar é que essa sala em particular “ganha” bastante espaço, uma vez que ela só tem uma porta de acesso e isso minimiza bastante toda a área de passagem que perdemos quando temos mais de uma porta dando para um mesmo ambiente.

Sketch 1 Sketch 2

Essas imagens deixam bem claras as “duas” salas da nossa amiga, a de jantar e a de TV. Apesar do conjunto perfazer uma sala grande, podemos ver que a parte onde está a mesa de jantar não é tão grande assim, por isso ali, tivemos que tomar um pouco mais de cuidado.

Sketch 3 Sala 3

Muitos lugares para sentar podem deixar a sua sala com cara de sala de espera, o que raramente é um lugar confortável. É importante, nesse tipo de sala, algum tipo de interrupção no ambiente. Não precisa ser necessariamente um obstáculo, você pode usar cores, tapetes e estantes a seu favor. Essas interrupções quebram a sensação de “enormidade”, fazendo de seu espaço um lugar mais aconchegante.

Com as dicas certas até a maior das salas pode se transformar em um ambiente aconchegante e proporcional. Aliás, seja sala grande ou pequena, proporção é palavra chave para qualquer ambiente.

Paredes

Tons claros refletem a luz, iluminando a ambiente e deixando a falsa impressão de grandeza. Já tons escuros funcionam de maneira oposta, absorvendo a luz, dando a impressão de um ambiente menor do que ele realmente é. Mas isso não é surpresa pra ninguém, não é? Isso já foi mencionado por aqui inúmeras vezes. Ou seja, dessa vez, os tons escuros são super bem-vindos! Tons marrons, verdes e cinzas são ótimas escolhas!

Sala grande 01

Na sala da leitora, foi usado um cinza azulado bem escuro, que, dependendo da iluminação, pode ser um cinza chumbo ou até preto. O rack da televisão foi trocado por um móvel um pouco maior, pois o outro era muito pequeno e desproporcional para o tamanho da sala dela. O azul se torna a cor coadjuvante para dar um tom de alegria e modernidade ao que poderia ser uma sala muito sóbria, já que, segundo ela, na casa vive um casal jovem. Acrescentamos duas poltronas e dois pufes que podem ficar debaixo da mesinha de centro.

Vale ressaltar que o sol incidente costuma desbotar um pouco tintas escuras, então, cuidado com isso. E limpeza feita com produtos inapropriados também pode manchá-las.

Quadros e Decoração

Quadros e artes nas paredes, além de quebrarem a monotonia de uma parede muito lisa, ajudam na proporcionalidade da sala. Servem de ponto focal: atraem o olhar para um ponto. Podem, também, colorir o ambiente e marcar algum espaço. Opte por quadros grandes, que sejam proporcionais a sua parede ou use várias fotos, imagens e pôsteres que ocupem boa parte da sua parede.

Outro objeto que ajuda no aconchego de nossas salonas é um bom tapete. O tapete convida-o a ficar descalço ou até a se deitar no chão. A diferença no piso marca o espaço de salas integradas e traz mais sobriedade ao ambiente, dependendo da cor e material escolhidos.

Sala grande 03

Na sala que fizemos, o tapete de fibra natural tem exatamente esse papel que citamos acima, assim como o conjunto de quadros acima do sofá. As prateleiras que ela já tinha ganharam um novo espaço. Na janela, a cortina foi trocada pela prática e mais moderna persiana horizontal.

Espaço de sobra

Você colocou tudo o que você queria/tinha dentro da sala e sobrou espaço? Seus móveis vieram de outra casa e simplesmente não preencheram aquela sala? A dica é escolher uma ou duas peças que sejam fundamentais para a sua sala e adquirir novas. No seu caso, o sofá é uma dessas peças? Compre um novo, que seja mais harmônico e proporcional com o ambiente. Você verá como uma ou duas peças podem fazer toda a diferença.

Sala grande 04 Sala grande 02

Como dissemos lá em cima, trocamos o rack dela por outro mais moderno, maior e com mais presença. A mesinha de centro também ajuda bastante a minimizar a distância entre sofá e televisão, não é uma peça chave, mas ajudou bastante.

A luminária ao lado do sofá, além de dar um clima aconchegante, quando não é necessário acender a luz principal, faz daquele cantinho um lugar de leitura também. A mesinha logo ali ao lado serve de apoio, seja para o notebook – com uma cadeira adequada e algumas gavetas pode se tornar um mini-office – ou para uma refeição rápida.

Já na sala de jantar, apesar de estar inserida no contexto de uma sala grande, ela, de fato, não é. Uma saída que adotamos para não deixar o espaço confinado foi uma mesa transparente. Mobiliário transparente ou translúcido em pequenos ambientes ajudam na fluidez. As luminárias na parede também ajudam a manter o clima iluminado e agradável. As luminárias, em geral, são um detalhe a parte.

Sala grande 05

A parede maior da sala, que invade os dois ambientes e estada pintada de cor escura, serve de elemento unificador entre as salas, pois, afinal de contas, elas fazem parte de uma coisa só.

Finalmente, as plantas sempre dão um toque de vida e cor, essencial a qualquer ambiente. Sem elas tudo seria bem mais sem graça.

Projeto por Limão n’água

Compartilhe com um amigo